rafa5

Dentro do Instituto Reação, Rafaela Silva já era vista com bons olhos pelas crianças. Não só pela sua história de conquistas, mas também pela sua força após momentos duros na carreira e sua superação para se tornar atleta profissional. E ao voltar ao local onde treina, a judoca foi muito bem recebida pelas jovens atletas e pelo coordenador do projeto, Flavio Canto.

Além de Rafaela, outros judocas também receberam  carinho das crianças, como Viltor Penalber e os congoleses Popole Misenga e Yolande Bukasa.

No centro do tatame, os atletas lutaram com os pequenos judocas, com franca preferência para Rafaela, que levou a medalha de ouro para todos verem de perto.

“Não tem nada mais verdadeiro que o carinho dessas crianças. Eu já fui uma delas e estive no aeroporto pra receber o Flavio quando ele foi medalhista em Atenas. Ele serviu de exemplo para mim e espero ser também exemplo para esses jovens”, disse Rafaela.

O próximo compromisso de Rafaela nos tatames será em dezembro, no Grand Slam de Tóquio, no Japão.

rafa5