Foto 16-10-15 16 00 06

Nascida em 1992, Rafaela Silva é atleta da seleção brasileira de judô, titular da categoria – 57kg, e 3º Sargento da Marinha do Brasil. A história da judoca que coleciona títulos importantes começa em 1997, quando tinha cinco anos de idade. Rafaela morava na comunidade carente Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, e começou a praticar judô na associação de moradores do bairro.

Aos oito anos, chegou ao Instituto Reação, projeto do medalhista Olímpico Flavio Canto e onde treina até hoje. Rafaela encontrou o experiente Geraldo Bernardes, seu técnico e um dos seus maiores incentivadores. O sucesso não demorou a chegar.

Em 2008, aos 16 anos, a carioca ganhou seu primeiro título de expressão em Bangkok, na Tailândia: foi campeã mundial júnior. No final do mesmo ano, Rafaela entrou para seleção brasileira de judô adulta. Em 2009, seguiu para seu primeiro mundial adulto, em Roterdã, na Holanda, e terminou a competição em 5° lugar.

Em 2011, após tornar-se vice-campeã dos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, no México, Rafaela foi premiada com a medalha que escapou em 2009: sagrou-se vice-campeã mundial adulta em Paris.

O sucesso não parou por ai. Em 2012, representou o Brasil nos Jogos Olímpicos. No evento, Rafaela foi eliminada nas oitavas de final.

Seu triunfo veio em 2013. No Rio de Janeiro, após derrotar por ippon (pontuação máxima no judô) a americana Marti Malloy e encerrar sua a competição invicta (tanto nos confrontos individuais como por equipe), fez história ao se tornar a primeira brasileira campeã mundial de judô.

Rafaela Silva se prepara para sua segunda participação em Jogos Olímpicos. A atleta treina de duas a três vezes por dia, entre treinos físicos, técnicos e específicos, faz acompanhamento nutricional e psicológico, e participa de competições e treinamentos internacionais. A preparação faz parte do planejamento para conquistar uma vaga nas Olimpíadas Rio 2016.